10 coisas que aprendi sobre gestão com meu filho de 60 dias. Aprendizado #8.

 em gestão, Informação

E seguimos com nossa série de 10 artigos publicados semanalmente em que relaciono a paternidade com gestão.

Hoje vamos falar sobre estoques, mais especificamente de lotes mínimos de segurança (nesse caso de leite materno).

Quando da vinda de um bebê, papai e mamãe são consumidos de uma maneira até então desconhecida, ambos são atropelados por uma nova rotina estafante. Porém, por mais presente que seja o pai, não há como comparar a doação de uma mãe pelo seu filho, ela é sugada (até literalmente) pelo bebê.

E como a maioria das mulheres, há ainda a preocupação com sua vaidade, elas não querem deixar de serem esposas só por serem mães, ainda querem sentir-se lindas e desejadas. E que bom que são assim, não é mesmo?

Porém, agora fazer uma visita no salão de beleza exige muito mais planejamento que só a disponibilidade da profissional, é necessário toda uma logística de recursos humanos (marido) e de estoque (leite materno).

E nós passamos por essa experiência, foi a primeira vez que mamãe e bebê se afastaram por mais de uma hora. Corações apertados em três pontas, imagino eu, mamãe insegura, papai inseguro e bebê, bem aí já não sei.

Só sei que foi necessário a extração e armazenamento de leite, considerando o tempo previsto e uma margem de segurança, além de muitas recomendações.

Por fim, tudo deu certo, a Gé conseguiu fazer o que gostaria no salão, Leozinho só chorou quando sentiu fome, e eu consegui atender essa necessidade graças aos níveis de estoques que havíamos criado.

Nas organizações as demandas são diferentes, mas ocorrem da mesma maneira.

Você precisa ter níveis adequados para atender seus clientes e também ter uma equipe treinada para identificar essa necessidade.

É necessário considerar que a falta de estoque poderá gerar uma insatisfação ou até mesmo a perda de um cliente, mas também que estoque em demasia elevam os custos de capital e armazenagem, além de gerar perdas por vencimento do produto.

Para identificar quais são os níveis ideias de estoque é necessário, além de conhecimento histórico das vendas, também todo o processo de reabastecimento e também contato próximo com o setor comercial para atendimento de compras já previstas.

E então, como andam os controles e gestão dos estoques de sua empresa? Você já sabe, precisando de ajuda, vamos conversar…

Grande abraço,

Diego da Silva é Administrador com MBA em Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria e Mestre em Eng. da Produção. Atualmente é professor universitário, consultor empresarial e ocupa a condição de delegado do CRA-SC.

www.diegodasilva.adm.br

www.otimizesolucoes.com.br

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário